quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

GABARITO EXERCÍCIOS 7º ANO


Como sabemos, a língua escrita requer uma linguagem que esteja de acordo com a norma padrão. Assim sendo, as frases a seguir pertencem a um nível mais coloquial. Reescreva-as procurando adequá-las à forma correta:

a – Encontrei ela passeando no shopping.
Encontrei-a passeando no shopping.
b – Deixa eu sossegada, pois preciso descansar.
Deixe-me sossegada, pois preciso descansar.
c – Desejas ir comigo e com minha irmã?
Desejas ir conosco?
d - De hoje em diante está tudo terminado entre eu e você.
De hoje em diante está tudo terminado entre nós.
e -  Entreguei o livro hoje, portanto poderás pegar ele.
Entreguei o livro hoje, portanto poderás pegá-lo.

Identifique a alternativa em que o verbo destacado não é de ligação:

a) A criança estava com fome.
b) Pedro parece adoentado.
c) Ele tem andado confuso.
d) Ficou em casa o dia todo.
e) A jovem continua sonhadora.


Analise o contexto, empregando de forma adequada os verbos entre os parênteses:

a – Você precisa estudar, antes que seja tarde demais (ser).
b – É preciso que nós tenhamos coragem para enfrentar a situação (ter).
c – Se você conseguisse carona até a cidade, chegaria a tempo de trabalhar (conseguir).
d – Quando o professor ver nossos trabalhos, fará elogios (ver).
e – Gostaria que você soubesse que não estou magoada com o que aconteceu (saber).

GABARITO EXERCÍCIOS 8º ANO


Atividade 8º ano

1. Das orações: “Pede-se silêncio”, “A caverna anoitecia aos poucos”, “Fazia um calor temendo naquela tarde” – o sujeito classifica-se respectivamente como:

a- (  ) indeterminado, inexistente, simples
b- (  ) oculto, simples, inexistente
c- (  ) inexistente, inexistente, inexistente
d- (  ) oculto, inexistente, simples
e- (
x ) simples, simples, inexistente

2. Atribua o sujeito pertencente às orações abaixo, tendo como suporte o seguinte código:

A – Sujeito simples
B – Sujeito composto
C – Sujeito oculto
D – Sujeito indeterminado
E – Oração sem sujeito

(B) Meus amigos e eu organizamos um evento jamais esquecido.
(
C) Preciso de seu carinho para me sentir segura.
(
E) Faz dois anos que não vou a Brasília.
(
A) A vida nos reserva grandes surpresas.
(
D) Comentaram sobre os novos empreendimentos imobiliários.
 3.Em “...as empregadas das casas saem apressadas, de latas e garrafas na mão, para a pequena fila de leite”.

Os termos destacados são respectivamente:

a– adjunto adverbial de modo e adjunto adverbial de matéria.
b– predicativo do sujeito e adjunto adnominal.
c– adjunto adnominal e complemento nominal.

4. Analisando as orações que seguem, procure indicar a função sintática dos termos destacados, tendo como subsídio a noção relacionada a predicativo do sujeito e a predicativo do objeto:

a) Sempre a considerei uma excelente amiga.
Predicativo do objeto
b) Os convidados aparentavam eufóricos com a demora da apresentação.
Predicativo do sujeito
c) Os convidados caminhavam maravilhados pelo rol de entrada do salão.
Predicativo do sujeito
e) Todos o julgaram inocente.
Predicativo do objeto

BOA DICA!!! DESSE JEITO NÃO TEM COMO ESQUECER...

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO

GABARITO EXERCÍCIOS 9º ANO


1.   Coloque V (verdadeiro) ou F (falso) para a classificação das ora­ções sublinhadas nos períodos:

1. (V) Parecia que carregava o mundo nos próprios ombros.(subjetiva)
2.   (F) Repetia sempre que emagreceria em breve. (subjetiva)
3.  (V) Não pago a quem me cobra com insistência. (objetiva indireta)
4.    (V) Necessito de que o material seja novo. (objetiva indireta)
5.    (V) Ficou decidido que todos colaborarão com ele. (subjetiva)
6.    (V) Respeite quem lhe dá respeito.(objetiva direta)
7.    (F) Digo-lhe quando terminará esta tarefa. (subjetiva)
8.    (V) Aqui não consta que ele ia tenha regressado. (objetiva direta)
9.    (V) Esqueci-me de que seu nome estava aqui. (objetiva indireta)

2. Coloque V (verdadeiro) ou F (falso) para a classificação das ora­ções sublinhadas, nos períodos

1.  (V) A vantagem é que ele é mais experiente.(completiva nominal)
2.(V) Tenho a impressão de que tudo acontece aqui. (completiva nominal)
3. (V) Ela é quem nos auxilia em tudo. (predicativa)
4.(F) Havia receio de que não terminássemos o trabalho. (predicativa)
5. (V) Peco-lhe uma coisa: que não desista. (apositiva)

3.Classifique as orações adjetivas como (R) Restritivas ou (E) Explicativas

(R) O garoto PARA QUEM ESCREVEREI A CARTA não me conhece.
(E) O futebol, QUE É UM ESPORTE POPULAR, enlouquece as torcidas.
(R) A dor QUE DISSIMULA dói mais.
(E) Aqui vivem mais de mil pessoas, QUE PASSAM FOME.
(R) A criança CUJO PAI NÃO FOI ENCONTRADO será recolhida pelo juiz.

4. Observe esta frase:

[As páginas acabaram] [e vou começar a escrever em um novo diário amanhã.]

a) Entre as orações, que relação existe: de subordinação ou de coordenação?

De coordenação, pois as duas orações são independentes e possuem o mesmo valor sintático.

b) Que valor semântico a conjunção expressa?

Dá uma ideia de adição 

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

ATIVIDADES 6º ANO


1. Assinale a palavra com maior número de fonemas.

a) flexão
b) leite
c) queria
d) corrida
e) passo

2. “Nas noites de Nova Lima, quando buscava repouso...”. Quantos fonemas e letras existem na palavra destacada?

a) 4 fonemas / 5 letras
b) 6 fonemas / 4 letras
c) 5 fonemas / 6 letras
d) 6 fonemas / 6 letras
e) 4 fonemas / 6 letras

Dê o número de letras e de fonemas destas palavras:

3. cidadezinha
4. isso
5. lhe
6. chamada
7. passado
8. ferrolho
9. chega
10. quero
11. ramalhetes

12.  A palavra "charuto" apresenta:
a) um dígrafo e seis fonemas. 
b) um dígrafo e sete fonemas. 
c) sete letras e sete fonemas. 
d) sete letras e dois dígrafos. 
e) sete letras e cinco fonemas.


13. Marque o item que apresenta erro na divisão silábica:
a) téc-ni-co 
b) de-ce-pção 
c) ad-jun-to 
d) con-fec-ção 
e) obs-tá-cu-lo



14.  O vocábulo cujo número de letras é igual ao número de fonemas está em:
a) sucedida. 
b) habitando. 
c) grandes. 
d) espinhos. 
e) ressoou.



15.Observe os encontros vocálicos e os dígrafos e assinale a única afirmativa correta:
a) a palavra discente tem dígrafo consonantal e um dígrafo vocálico. 
b) a palavra entranhas tem um dígrafo vocálico e um dígrafo consonantal. 
c) a palavra também tem dois dígrafos vocálicos. 
d) a palavra tranqüilo tem um dígrafo vocálico e não apresenta dígrafo consonantal. 
e) a palavra borracha tem dois dígrafos consonantais.



16. Observe os encontros vocálicos e os dígrafos e assinale a única afirmativa incorreta:
a) na palavra cãibra ocorre um ditongo nasal decrescente. 
b) na palavra freqüente ocorre um ditongo oral crescente. 
c) na palavra radiouvinte ocorre um tritongo oral. 
d) na palavra pneumonia ocorrem um ditongo decrescente e um hiato. 
e) na palavra zoologia ocorrem dois hiatos.


17. A alternativa em que as letras sublinhadas nas palavras constituem, respectivamente, dígrafo e encontro consonantal é:
a) exceção / étnico 
b) banho / desça 
c) seguir / nascimento 
d) aquático / psicologia 
e) occipital / represa

18. A série em que todas as palavras apresentam dígrafo é:

a) assinar / bocadinho / arredores. 
b) residência / pingue-pongue / dicionário. 
c) digno / decifrar / dissesse. 
d) dizer / holandês / groenlandeses. 
e) futebolísticos / diligentes / comparecimento.


ATIVIDADE 7º ANO

Leia com muita atenção as palavras abaixo e transcreva o que se pede.

caderno, moça, Fortaleza, Renata, fome, fada, clube, amor, peixe, beleza, raiva, dor, professor, dragão, Inglaterra, rapidez, coqueiro, ataque, maldade, beijo, Lucas, anel

1. substantivos que dão nomes a lugares:
 -  

2. substantivos que dão nomes a objetos, animais ou plantas:
 -  -  

3. substantivos que nomeiam seres humanos:
 -  

d) substantivos que designam seres imaginários:
 -  

4. substantivos que nomeiam sentimentos:
 -  

5.substantivos que dão nomes a qualidades ou características:
 -  

6. substantivos que nomeiam sensações físicas:
 -  

7. substantivos que designam ações:
 -  

Leia com atenção o texto a seguir:

O relógio da torre do solar do marquês de Rebafria dava solene as doze badaladas da meia-noite, as últimas desse ano... perdoem-me... a minha discrição não permite datá-lo, é um segredo que não me pertence! (Manuel de Lima)

- Retire do texto 1(um) substantivo
8. próprio:  
9. concreto:  
10.  primitivo:  
11. comum:  
12. abstrato:  
13 derivado:  
14 composto:  

 Escreva os substantivos primitivos correspondentes:

15 goiabada:  
16. Relojoeiro:  
17. mangueira:  
18. cajueiro:  
19. padaria:  
20 mesário:  
21. borracharia:  

"Perder tempo em aprender coisas que não interessam, priva-nos de descobrir coisas interessantes."
                                               Carlos Drummond de Andrade

LETRA E FONEMA


ATIVIDADE 8º ANO


 Atribua o conceito de frase, oração ou período às lacunas a seguir, levando em consideração o Discurso por elas apresentados:

1. Nossa! Que dia belo! ______________________
2. Preciso revelar-lhe um grande segredo. ___________________
3. Participamos da reunião, embora não tivéssemos sido convocados. ___________
4. “E agora, José? _______________
5. Durante a viagem, visitamos lindos lugares. ___________________
6. Não me peças para perdoar-lhe, pois ainda estou magoada. ________________

7. Na linguagem cotidiana observamos enunciados que isoladamente não possuem sentidos Completos, mas são concebidos como frases. Diante disso, analise o diálogo a seguir comentando sobre esta ocorrência:

- Mãe, me leva ao clube?
- Levo.
-Que dia?
- Sábado.


8. Das frases abaixo relacionadas, indique  as que são orações:

(    ) Que dia quente!
(    ) Belas, as manhãs sertanejas!
(    ) Estou em Monteiro há onze anos.
(    ) O aluno compreende perfeitamente o olhar do professor .
(    ) Silêncio!
(    ) O sol brilhava no céu nordestino.

 Classifique os períodos abaixo em simples ou compostos.

9. Nestas férias, fomos conhecer Ouro Preto.
10. Ninguém perguntou se ele virá ao concerto.
11. Quando chove, a cidade fica insuportável.
12. Não gostei do filme, os acontecimentos são muito previsíveis.
13. Não empresto meus CDs a ninguém.
14. No fundo do mar, o temível Posídon fica furioso.!
15. “Assim fala Minos, diante do altar que ergueu na praia.”
16. “Com nossas asas, atravessaremos o mar e encontraremos refúgio em alguma parte.”
17. “Os dois homens imediatamente se inclinam diante do novo rei da grande ilha.”
18. “Não sabes como é lindo uma mulher que chora.”
19. “Tudo no mundo é loucura, exceto a alegria.”
20. “O homem apaixonado ama na mulher o que ela não possui.”
21.“Todos os pecados mortais têm o seu quê útil e honesto.”
22.Quem está amando menos, já não ama.”

 Identifique  os verbos das orações e indique  o número de orações existentes em cada período. (Lembre-se: numero de verbos ou locuções verbais = número de orações)

23.Hoje é sábado de carnaval e os jovens estão animadíssimos.
24.O governo deve garantir a educação de todas as crianças.
25. Olhei, gostei, tinha dinheiro, portanto comprei.
26. Fui à cidade, assisti ao filme que queria e voltei para casa.
27. Comprei um bilhete de loteria e fiquei milionária.
28. Sua mãe acaba de chegar à reunião.







TIPOS DE SUBSTANTIVOS

FRASE, PERÍODO E ORAÇÃO

ATIVIDADE 9º ANO

Identifique o Aposto ou Vocativo nas Frases Abaixo: ATENÇÃO: EM CADA QUESTÃO HÁ UM APOSTO OU UM VOCATIVO! FIQUEM ATENTOS!!! EM CASO DE DÚVIDA, VEJAM A AULA EM POWER POINT PARA RELEMBRAR.... 01. Chegou a hora da verdade, amigos.
02. Cuidado com o carro, seus loucos!
 03. O senador foi à festa com a namorada, Marcia.
 04. Acorda, São Paulo.
 05. Pedro II, ex-imperador do Brasil, foi deportado.
06. A ordem, meus amigos, é a base do Exército.
 07. Mário possui três filhas: Janaína, Vitória e Bruna.
 08. Obrigado, doutor.
 09. Deus, tenha piedade de nós!
 10. Ele me disse apenas isso: a nossa amizade acabou.
 11. Médico pobre, o Dr. Bento andava sempre a cavalo.
 12. Correi, correi, ó lágrimas saudosas! (F. Varela)
13. Olá, meu rapaz, isto não é vida! (M. Assis)
 14. Pedro, meu irmão, foi eleito deputado.
 15. Fiquemos no assunto, minha gente.
16. Helena, a menina que encontramos, estava triste.
 17. Ontem, segunda-feira, passei o dia com dor de cabeça.
 18. Ó céus, ouvi a minha prece. 19. Libertai-me, Senhor, de todos os males!
 20. A morte, angústia de quem vive, ocorre ao acaso.
 21. A pesquisa analisou dois grupos: crianças e adolescentes.
22. Malandro, pare com isso!
23. A melhor praia de Salvador é a de São Tomé.
 24. A cidade de São Paulo é muito famosa.
 25. Vocês por aqui, meninos?!
 26. Desejo uma única coisa: que plantem novas árvores.
 27. Vento, chuva, nada o impediu de cumprir sua missão.
 28. Tenho certeza, amigos, de que isso vai acabar bem.
 29. Ela correu durante uma hora, sinal de preparo físico.
 30. Cardoso, eu não quero contrariar você.
 31. Dona Aida servia o patrão, pai de Marina, menina levada.
 32. Serenai, verdes mares! (A. Arinos)
 33. Onde estão os soldados que vão desfilar, Coronel?
34. Parabéns, leitor.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Processo de formação da Língua Portuguesa


video

A formação da Língua Portuguesa não se deu de maneira isolada ou sem influências. Na aula do dia 28 de janeiro, vocês puderam comprovar através do vídeo assistido, que muitas foram as influências que contribuíram para esse processo de formação e que a Língua é viva e sofre contantes mudanças. Vamos rever o vídeo?